Visualizar conteúdo web

Internet: Fórum Africano discute Interconexão

Maputo, 28.08.2015 "Vamos buscar as boas práticas da interconexão, declarou a Vice-Ministra dos Transportes e Comunicações, Manuela Ribeiro, na abertura oficial, no dia 26 de Agosto, em Maputo, da 6.ª Edição do Fórum Africano de Peering e Interconexão.

O Fórum Africano de Peering e Interconexão 2015, que decorreu na capital moçambicana de 25 a 27 do corrente e contou com a participação de cerca de 200 peritos, profissionais, estudiosos da Internet e provedores de serviço, foi organizado pelo Centro de Informática da Universidade Eduardo Mondlane e a Internet Society, sendo o INCM um dos patrocinadores. Foram discutidos os principais desafios e oportunidades de interconexão dos operadores de Internet Exchange Points, com vista ao aumento do tráfego originado localmente, à redução de custos de acesso e o uso da Internet no Continente.

Referindo-se à importância do evento, a Vice-Ministra disse que "ao longo dos últimos cinco anos, o Fórum Africano de Peering de Interconexão tem tido um impacto positivo sobre a interconexão de Internet e a plataforma de troca de tráfego em África, através de partilha de experiências, capacitação e ligações de negócio. Registou-se um crescimento notável em investimentos e iniciativas que conduziram à melhorias em extensão e qualidade de interconexão a nível nacional e regional".

A propósito, existem hoje no país, dentre vários, 3 operadores de telefonia móvel celular, com mais de 18 milhões de utentes, 1 de telefonia fixa, 22 entidades de transmissão de dados e 29 provedores de serviço de Internet.

Por sua vez, a Presidente do Conselho de Administração do INCM, Ema Chicoco, frisou que o Fórum constitui "o momento propício de discussão e partilha de informação importantíssima sobre a matéria de interconexão e outros aspectos com ela relacionados".

Ela acrescentou que se aguarda dos académicos, provedores de serviço de Internet (ISP's), operadores de telefonia fixa e móvel, de todos os participantes "contribuições que nos apoiem no desenho de estratégias e de políticas sustentáveis do Sector". 

Flash