Moçambique devia cerca de 305 mil dólares norte-americanos à União Pan-Africana Postal(PAPU, sigla em inglês), relativos às contribuições pendentes dos anos financeiros de 1987/1988 a 2004/2005. No entanto, a Conferência de Plenipotenciários desta organização regional decidiu, na sua 8.ª Sessão Ordinária realizada em Adis Abeba, Etiópia, de 12 a 13 Julho de 2012, perdoar na totalidade a referida dívida.

O perdão é resultado de longos anos de negociações entre o Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM) e a PAPU iniciadas em 2006.

O não pagamento das quotas, segundo a resolução da PAPU sobre esta matéria, deveu-se ao facto de Moçambique ter passado por uma crise prolongada de guerra de desestabilização e das consequências graves daí decorrentes. A partir do ano financeiro de 2005/2006, o INCM passou a pagar as quotas de filiação à PAPU sem quaisquer atrasos ou interrupções.

Sublinhe-se que, no âmbito da representação dos sectores postal e de telecomunicações, compete ao INCM coordenar, tudo quanto respeite à execução de tratados, convenções e acordos internacionais, relacionados com os sectores postal e de telecomunicações, bem como a representação do Estado moçambicano nos correspondentes organismos internacionais.

A PAPU conta hoje com 43 países-membros, tem sede em Arusha, República Unida de Tanzânia. Moçambique é membro desta agência especializada da União Africana desde o momento da sua fundação, em 1980.

Onde estamos

Praça 16 de Junho nr. 340
Bairro da Malanga, 848 Maputo

mapa

Telecomunicar

Organizações Internacionais

Contacto

Sede: +258 21 227100

Cell: +258 82 328 3850 / +258 84 398 5951

Email: info@incm.gov.mz

Praça 16 de Junho nr. 340 - Bairro da Malanga, 848 Maputo