Visualizar conteúdo web

INCM no Workshop sobre a Segurança Cibernética para Países Africanos da Língua Oficial Portuguesa

Maputo, 22.09.2015 O Ministério dos Transportes e Comunicações (MTC), o Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM) e o Departamento de Estado dos EUA, realizam, em Maputo, de 22 a 24 de Setembro, com o apoio do Departamento de Justiça norte-americana, um workshop sobre a segurança e crime cibernéticos dedicado aos países usuários da língua portuguesa.

Na abertura oficial do workshop o Secretário Permanente (SP) do MTC, Pedro Augusto Inglês, declraou que "o Governo mobiliza todas as suas capacidades para a protecção das instituições e do cidadão contra acções que possam prejudicar a economia nacional e a sociedade".

"Neste workshop, vamos em conjunto identificar as principais causas da insegurança cibernética e buscar as melhores práticas regionais e internacionais de solução dos mesmos. Especialmente, apelamos soluções sustentáveis e que se adequam à nossa realidade", acrescentou.

Como bem se sabe, à medida que o uso da Internet e dos telemóveis se expande e se massifica em toda a África subsaariana, as nações desta região enfrentam ameaças cibernéticas crescentes. O workshop em apreço, uma parceria entre os Governos dos Estados Unidos e de Moçambique, irá abordar questões gerais da segurança e do crime cibernéticos e, simultaneamente, aspectos específicos de interesse dos países africanos de língua portuguesa, tais como o combate ao crime cibernético, a segurança do telemóvel, a liberdade na Internet, o acesso e acessibilidade, bem como o desenvolvimento de equipas nacionais de prontidão a emergências informáticas.

Participam neste fórum altos funcionários e peritos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Gana, Maurícias, Moçambique, Quénia, Portugal e São Tomé a Príncipe. Organizações regionais como a Comissão da União Africana, a Comunidade Económica dos Estados da África Central, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental foram convidados a compartilhar as ideias sobre a segurança e crime cibernéticos. Acresça-se a esta lista ilustres convidados da Universidade de Florida, funcionários dos Departamentos de Estado, de Justiça e da Segurança Interna dos Estados Unidos.

Flash