Veebisisu kuva

Celebrar excelência e inovação em soluções das TIC com impacto social

Busan (Coreia), 26.09.2017 A ITU Telecom World, a plataforma global dos governos, companhias, pequenas e médias empresas, dedicada à aceleração da inovação das ICT para crescimento económico e bem-estar social, arrancou, na manhã de ontem (dia 25), em Busan, a segunda maior cidade da República de Coreia. 
 
A cerimónia de abertura oficial do ITU Telecom World 2017 foi orientada pelo Secretário-geral (SG) da UIT, Houlin Zhao. África do Sul, Malawi, Moçambique (países-membros da SADC), Gana, Etiópia, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Sudão, participam em diferentes painéis, mesas redondas, networkings, sessões plenárias, bem como expõem produtos e serviços das comunicações, ao lado das grandes potências tecnológicas como a China e Coreia do Sul. 
 
SG da UIT, Houlin Zhao, visitando stand de Moçambique/INCM
"As Tecnologias de Informação e Comunicação tornaram-se indispensáveis na nossa Era Digital, porque lideram a economia e a transformação das nossas sociedades. Há dois anos o mundo adoptou os Objectivos Sustentáveis do Milénio, com a promessa de que ninguém ficará atrás. As TIC, neste contexto, desempenham um papel-chave na realização desses objectivos", afirmou o SG da UIT.
 
 "Quem pensaria que 95 por cento da população mundial vivesse, hoje, em área coberta pela rede de telefonia móvel celular?", indagou-se Houlin Zhao, ao fazer uma retrospectiva dos avanços registados nos últimos anos, na conexão do mundo.
 
Parte da delegação moçambicana (de esquerda para direita): Júlio Buque (GRE), Massinga Apala (DPT), Carlos Xerinda (CA), Edmundo Manhiça (GCI)
Ele recordou que, à luz da estratégia da UIT "Connect 2020", "trabalhamos juntos no âmbito do ecossistema das TIC, bem como no dos Obectivos Sustentáveis do Milênio, objectivando alcançar a visão partilhada de desenvolvimento social e económico sustentável para cada um de nós".
 
"É importante celebrar a excelência e a inovação em soluções das TIC com impacto social. Trabalhemos juntos para trazer cada vez mais pessoas para a sociedade inteligente do futuro", sublinhou o Secretário-geral da UIT.
 
Entretanto, Houlin Zhao apontou um dos problemas que continua persistente: "A economia digital continua a crescer e a expandir-se. As tecnologias digitais mudam a forma como trabalhamos, nos comunicamos e fazemos negócios. Passamos de telefones inteligentes para a electricidade, agricultura, manufaturação, transporte, saúde, educação e cidades inteligentes. Porém, 3.9 biliões de pessoas ainda não estão conectadas à Internet!"
 
Houlin Zhao debruçou-se, ainda, sobre as Pequenas e Médias Empresas (PME) tecnológicas, considerando-as fundamentais para a consolidação da indústria, o crescimento do mercado e criação de novos postos de trabalho, tanto em mercados desenvolvido como em desenvolvimento.
 
"As PME são chamadas a ter um papel crucial no estímulo ao crescimento económico e social, acelerando a inovação, a inclusão digital e o desenvolvimento de sociedades inteligentes. Teremos uma vasta gama de actividades e eventos focados nas PME. Isto mostra o poder que as PME têm, a sua criatividade e papel que desempenham na actual transformação digital inteligente", frisou.
 

Flash